Porsche 550 SPYDER - Uma outra história de sucesso

Estádio do Lima

Inaugurado em 1924, o Estádio do Lima serviu de "casa" ao Académico Futebol Clube e temporariamente (anos 40) ao Futebol Clube do Porto. A sua pista de ciclismo, uma raridade neste tipo de estruturas desportivas, era utilizada com alguma frequência para a disputa de provas automobilísticas tais como o II Rallye ao Porto de 1952 que a imagem documenta. À frente vem o Porsche 356 pre-A Coupé de Dílio Silva a que já fizemos referência em post anterior.
Foto de Anita Costa


No Centro do País

Imagens da viagem do Petit Comitè 356 pela região centro de Portugal, marco geodésico de Vila de Rei incluído.










Rallye ao Porto 1952

Manuel Dílio da Silva, tio do autor do blogue, foi um conhecido e bem sucedido industrial têxtil da região norte de Portugal. Nos seus tempos livres dedicava-se ao automobilismo, ao hipismo e à aviação, pelo que não surpreenderá o facto de ter sido um dos primeiros proprietários de Porsche 356 no nosso país. Como se isso não bastasse comprou também um avião Cessna que ele próprio pilotava.
A imagem documenta a sua participação no 2º Rallye ao Porto, prova que se desenrolou nos dias 26 e 27 de Abril de 1952. Terminou num mais que honroso 5º lugar da classificação geral tendo vencido o IV grupo de Turismo. Em fundo podem ver-se as bancadas do saudoso Estádio do Lima.
O FF-17-40 continua em Portugal (Algarve) e ao que consta goza de boa saúde
Fotos (esta e seguintes) da colecção de Anita Costa.  Com agradecimentos a Ângelo Pinto da Fonseca.


Cascais Classic Motorshow 2016 (parte II)

A reportagem de Gonçalo Macedo e Cunha
Registe-se aqui o excelente resultado da equipa Frederico Valsassina / Vasco Mendes, vencedores da Classe E no Porsche 356 A Coupé branco (BD-27-33). Parabéns!







Cascais Classic Motorshow 2016

Primeiras imagens dos Porsche 356 participantes no Cascais Classic Motorshow. No Rallye ACP Clássicos participaram os carros de Frederico Valsassina / Vasco Mendes, Hans Friedrich Lemke / Gabriele / Franka Lemke e José Guedes / António Peixinho. No Concurso de Elegância estiveram presentes o SC Coupé de Carlos Duarte Ferreira e o B Cabrio de José Dias Silva. Isto para não falar do Porsche 356 A que estava (ainda estará?) para venda no espaço da Old Garage na zona comercial.







Rallye ACP Clássicos 2016

Parte da lista de inscritos para o Rallye ACP Clássicos integrado no Cascais Classic Motorshow 2016 onde constam os números  e as horas de partida das quatro equipas Porsche 356 participantes na prova.




Para Venda


O Porsche 356 A restaurado por Helder Valente e que em 2012 foi o brilhante vencedor do I (e único, até agora...) Concurso de Elegância Porsche 356 vai ser posto à venda pelo seu actual proprietário durante o próximo Cascais Classic Motorshow que terá lugar a 17 e 18 de Setembro. O carro estará patente no espaço da Old Garage situado no Parque Marechal Carmona, em Cascais. Os detalhes relativos a esta venda poderão ser obtidos no local ou através do site da OLD GARAGE




Rallye à Caparica 1964

Ernesto Neves (dir) e o seu Porsche 356 S durante o Rallye à Caparica de 1964. Tinha então 18 anos acabados de fazer e dava início ao seu bem sucedido percurso no automobilismo de competição. No ano seguinte este carro seria substituído por um bem mais competitivo Porsche 356 SC com o qual venceu a Volta a Portugal fazendo equipa com Basílio dos Santos.


De Volta

Depois de um período de "hibernação" mais longo que o desejável eis que está de volta às estradas portuguesas o BL-39-71, o belo Cabrio "condor yellow" de 1961. O regresso "oficial" está previsto para o fim de semana de 23 a 25 de Setembro nas imediações do Castelo do Bode mas poderá ser visto a circular já durante o próximo Cascais Classic Motorshow. Porém este não será o único Porsche 356 a reaparecer em Cascais. Em breve daremos mais notícias.


24 Horas de "A Bola" 1953

A equipa Ernesto Martorell / Jorge Seixas, em Porsche 356 1500, vencedora da segunda edição das 24 Horas de "A Bola" disputadas em 1953, à frente do Allard de D. Fernando Mascarenhas e do MG de José Ferreira Batista. Manuel Soares Mendes, também em Porsche, terminou no quarto lugar da classificação geral.




O Porsche de Abreu Valente

Editado recentemente com o apoio do Centro Porsche de Faro este interessante trabalho de José Barros Rodrigues desenvolve-se em volta do HH-20-96, o Porsche 356 1300 que José Luis Abreu Valente utilizou maioritariamente em ralis entre 1954 e 1957. Tratando-se de um modelo cujo motor na sua versão básica debitava uns modestos 44 cavalos a 4200 RPM só o inegável talento do piloto conseguiu fazer dele um carro vencedor, como o demonstram as várias vitórias conseguidas quer na classe quer em termos absolutos. 
Abreu Valente, que continua vivo e de boa saúde tendo recentemente sido alvo de uma homenagem por parte do Porsche Clube 356 Portugal, estreou-se em competição em 1949 no circuito improvisado nos jardins do Sporting Clube de Cascais (Parada) pelo Conde de Monte Real, figura de primeiro plano do automobilismo nacional cujo centenário de nascimento ocorreu no passado dia 31 de Julho.
Desconhece-se o paradeiro actual do HH-20-96.


Novamente os Spyder 550

Duas imagens recentemente descobertas na imprensa da época (1955): o Porsche 550 Spyder de D. Fernando Mascarenhas durante a Volta ao Minho, que venceu, e o carro idêntico de Joaquim Filipe Nogueira nos 500 km de Nurburgring, prova que terminou num brilhante 10º lugar em parceria com José Arroyo Nogueira Pinto, que guiou o Porsche nº 3 vermelho durante a parte final da corrida devido a indisposição do piloto titular.
Fotos - jornal "O Volante"



39th International Porsche 356 Meeting Estoril - Portugal 2014

Um interessante registo fotográfico da passagem por Sintra de alguns dos duzentos carros participantes no 39º International Porsche 356 Meeting de 2014. A música de Mozart não podia vir mais a propósito. Ora vejam.
O trabalho é de Gui Bernardes

Rallye Feminino do Estoril

Maria Amélia Passanha Guedes, vencedora do I e II Rallye Feminino do Estori, classificou-se em segundo lugar na edição de 1953 da mesma prova ao volante de um Porsche 356 pre-A.
A fotografia é do jornal O Volante


Variações Sobre um Mesmo Tema





Breve crónica sobre as mudanças de visual do FE-22-24, Porsche 550 Spyder chassis #550-0039
Importado pela Guérin em 1955 foi originalmente branco, depois foram adicionadas duas faixas vermelhas. O primeiro proprietário foi Joaquim Filipe Nogueira Filipe Nogueira que a meio da temporada lhe mudou o visual para vermelho .
Em 1956 foi cedido a José Manuel Simões que após ter sofrido um grave acidente em rali  lhe mudou  a cor para o branco original e assim se manteve até ao final de 1957.

Foi vendido a Ruy Marinho de Lemos / Carlos Faustino em 1958 tendo sido usado amplamente  por ambos até 1962. Alugado a Mário Araujo Cabral (Nicha) para fazer duas corridas, Grande Prémio de Cuba e Angola.
Em 1963 foi vendido a Manuel Duarte Júnior que o fez pintar de azul metalizado.
Texto de Luis Sousa 
Imagem - Filipe Nogueira durante o Circuito de Nurburgring de 1955, prova que terminou em 10º lugar